Busca por palavras chave:
 
  quinta-feira, 20 de julho de 2017  
Home
Eleitos PT-ES - Eleições 2016
PED 2017
Vídeos PT
História
PT Estadual
Notícias
Artigos
Secretarias
Setoriais
Documentos
Galeria de Fotos
Diretórios municipais
Links importantes




 30 anos, parabéns PT

30 anos, parabéns PT
 
Há 30 anos nasce o PT, no momento em que o sistema bipartidário na Ditadura Militar entra em ruína, fruto da compreensão e do esforço de várias lideranças sindicais, eclesiais, intelectuais, por entenderem que o momento era de gestar um partido que representasse de fato a classe trabalhadora e que não bastava lutar somente pelas reivindicações salariais e questões pontuais, como disse Lula no filme Lula o filho do Brasil: "estou vendo que os trabalhadores não vão mais reivindicar salário, mas sim liberdade". Assim, para desespero da elite brasileira, surge o PT. Desde seu primeiro "suspiro de vida" com a finalidade de aglutinar toda classe oprimida brasileira, em vista de lutar pela democracia, pela pluralidade, solidariedade e eliminar a exploração com objetivo estratégico de construir o socialismo democrático, “o Partido dos Trabalhadores é uma associação voluntária de cidadãos e cidadãs que se propõe a lutar por democracia, pluralidade, solidariedade, transformações políticas, sociais, institucionais, econômicas, jurídicas e culturais, destinada a eliminar a exploração a dominação a opressão a desigualdade, a injustiça, e a miséria com objetivo de construir o socialismo democrático” (Art. 1º do Estatuto do PT).


30 anos de democracia e respeito às minorias no exercício político no Brasil
 
Quero neste parágrafo ressaltar dois pontos que considero fundamentais no cotidiano do PT e em toda sua trajetória: o exercício da democracia e respeito às minorias, questões caras ao PT e seus (as) militantes durante estas três décadas, com todas dificuldades já conhecidas por nós.
Nos primeiros momentos de vida, a elite, ao ver seus interesses contrariados, reproduzia para toda sociedade que éramos loucos e baderneiros, pois o partido lutava ao lado das minorias discriminadas e por suas causas (raciais, gênero, indígenas, negros e negras), por direito à terra, educação de qualidade, saúde e segurança,  etc.), objetivando a democracia em seu mais pleno sentido, respeitando os direitos e as diferenças, mas com tratamento solidário e justo. Até hoje, e durante toda linha do tempo, o PT, incansavelmente, usa todas as ferramentas de luta em favor do povo brasileiro, tornando-se o partido mais respeitado e que mais cresce no País, superando suas dicotomias, seus limites, suas contradições a cada momento, demonstrando ao mundo um novo olhar e uma nova forma de fazer política.
 
30 anos de crescimento, amadurecimento institucional e a vitória em 2002 no poder central

Neste parágrafo destaco o amadurecimento e a compreensão de cada momento histórico que vivemos na institucionalidade. Em primeiro lugar, quero expressar que o PT cresceu no tempo certo, com a sensibilidade de observar seus atos e posicionamentos, de acordo com o momento. Posso afirmar que, em suas primeiras eleições, o PT defendia a linha que denomino de “eleições puro sangue” em diversos estados e municípios, sob minha ótica correta, pois era o momento de se apresentar à sociedade brasileira. No segundo momento, definimos a tática eleitoral e as políticas de aliança com os partidos denominados de esquerda (PSB, PDT, PC DO B e PCD), com o programa democrático e popular acertadamente, pois era o momento de demarcar que no mundo e no Brasil a política estava dividida entre esquerda e direita (neoliberalismo). Logo após, o partido percebe que para alcançar o espaço central era necessário relacionar e ampliar sua política de aliança e sua  tática eleitoral e, de fato, iniciar a construção do que compreendo como a revolução silenciosa que o governo Lula vem realizando neste País e impulsionando o Brasil para um lugar de destaque no planeta, orgulhando o PT e o povo brasileiro, com democracia e participação popular ao fortalecer os congressos temáticos e os conselhos; praticando políticas econômicas sem privatizações e quitando a dívida histórica com o FMI; políticas sociais sustentadas na distribuição de renda; políticas afirmativas em respeito às minorias e em programas fundamentados na realidade como por exemplo o Pronasci - Programa de Segurança com Cidadania do Ministério da Justiça e não em fantasias ou pirotecnias como já vistos no passado.
O modo petista de governar está coroado com as ações do Governo Lula no Brasil e, impressionando o mundo, com a concreta demonstração de capacidade gerencial, transformando nosso País, dentro da possibilidade do sistema capitalista, com a revolução silenciosa, em um País mais justo e igual para todos.
 
30 anos: momento atual e o desafio eleitoral - Dilma 2010
 
O PT, ao longo de seus 30 anos, já superou vários desafios e a cada momento de superação aprende com os erros, se fortalece com acertos e assim o PT se fortalece e cresce. No momento, o partido está em frente de mais um desafio que é dar continuidade e ampliar as conquistas do Governo Lula. Com certeza, estamos bem mais preparados e, principalmente, unificados para este momento. Mas é importante ressaltar que este desafio carrega em si complexidades que nos exigirá muita sensibilidade política, maior visão estratégica e, principalmente, compreensão na tática eleitoral e na política de aliança, nas esferas nacional e estaduais.
Compreendo que para o PT nada é mais valioso que a eleição da Dilma, os PTs nos estados tem que compreender seu papel e, se necessário for, colaborar com a aliança nacional e abrir mão, momentaneamente, de seus interesses locais e fortalecer a política de aliança nacional, a qual defendo que seja mais ampla possível e que nos garanta vencer a eleição 2010 e governar este País por muitos anos, até consolidarmos a revolução silenciosa e democrática que estamos implementando e possamos brindar a sociedade mais justa e igualitária, a tão esperada sociedade socialista e democrática para nosso povo brasileiro.
 
 
30 anos: parabéns e obrigado pela sua existência
 

Quero encerrar este artigo relatando que estou bastante emocionado, com lágrimas nos olhos, pois é um orgulho ser petista filiado há 25 anos. Confesso que esta emoção é fruto de muitos momentos alegres, de muitas conquistas. Também de muitos sofrimentos e derrotas, mas em nenhum momento de desistir, nem quando tive que tomar minha maior e mais complexa decisão política: de ter que deixar o grupo em que atuava porque ele resolveu, de forma equivocada e precipitada, sair do PT.
O PT, sob minha ótica, é o que politicamente aconteceu de mais importante ao povo brasileiro. Hoje, podemos considerar o maior partido de esquerda do mundo. Com humildade e todo respeito aos  demais partidos, afirmo que o nascimento do PT foi um marco histórico para o povo brasileiro. Muitos lutadores (as)  do povo criaram e construíram com dedicação e, em alguns momentos, até com suas próprias vidas, por isso, me emociono e encerro este texto cantando “parabéns pra você, nesta data querida”. Parabéns PT, parabéns aos fundadores do PT, parabéns aos que nos deixaram nesta construção, parabéns as mulheres petistas, aos negros e negras, aos índios e a juventude petista. Parabéns ao povo brasileiro. Parabéns PT.

Viva o PT!
Viva o Brasil!
Viva!

30 anos, PT é o Brasil.

Luiz Moraes
Executiva Estadual do PT-ES
Secretário de Comunicação

Home Voltar Versão para Impressão Divulgar

  PT ESPÍRITO SANTO: Rua Graciano Neves,386 - Centro - Vitória/ES CEP: 29015-330 - Tel: (27) 3223-3455
  Copyright © 2009