Busca por palavras chave:
 
  sexta-feira, 17 de agosto de 2018  
Home
ELEIÇÕES 2018 - DOCUMENTOS
PED 2017
Vídeos PT
História
PT Estadual
Notícias
Artigos
Secretarias
Secretarias Setoriais
Documentos
Galeria de Fotos
Diretórios municipais
Links importantes



 CUT/Vox Populi: Lula vence no 1° com mais que a soma dos demais

O plano golpista de manter o ex-presidente Lula fora das urnas em outubro, impedindo que o povo brasileiro possa escolher, numa eleição livre e democrática, o destino que quer para o país esbarra em um forte adversário: a vontade popular.

Mesmo estando sendo mantido como preso político há mais de 50 dias, Lula segue como líder absoluto na preferência do eleitorado. Na mais recente pesquisa de intenções de voto, Lula seria eleito já em primeiro turno e derrotaria qualquer adversário com ampla margem de votos caso disputasse um segundo.

A conclusão é baseada nos dados da pesquisa CUTVox Populi divulgada nesta segunda-feira (28), em que o ex-presidente alcançou 39% das intenções de voto – mais até do que a soma dos seus adversários, que atinge 30%. Dos votos válidos, Lula tem 56,1%.

Na pesquisa estimulada, o segundo colocado, com praticamente um terço das intenções de voto de Lula, é o deputado Jair Bolsonaro (PSL), com 12%; seguido de Marina Silva (Rede), com 6%; Ciro Gomes (PDT), com 4%;Geraldo Alckmin (PSDB), com 3% e Álvaro Dias (Podemos), com 2%.

Henrique Meirelles (MDB-GO), Manuela D’Ávila (PC do B) e João Amoedo (Novo-RJ) têm cada um 1% das intenções de votos. Já Flávio Rocha (PRB-RN), Guilherme Boulos (Psol-SP), João Vicente Goulart (PPL), Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Paulo Rabelo de Castro (PSC) não pontuaram. O percentual dos que não vão votar em ninguém, brancos e nulos totalizou 21% e não sabem ou não responderam, 9%.

No Nordeste, Lula tem 56% das intenções de votos, contra 7% de Bolsonaro e Ciro, que empatam na Região; Marina tem 6% e Alckmin apenas 1%. Os demais não pontuaram. No Sul, 31% dos entrevistados votariam em Lula, 18% em Bolsonaro e 10% em Álvaro Dias; Marina e Ciro empatam, com 4% cada e Alckmin aumenta para 2%, empatando com João Amoedo. Meirelles, Manuela e outros têm 1%.

Já no cenário espontâneo, Lula também está bem na frente dos demais candidatos. O ex-presidente tem 34% das intenções de votos, Bolsonaro surge em segundo lugar, com 10%; Ciro e Alckmin voltam a empatar, com 3% cada; Marina e Joaquim Barbosa, que desistiu da candidatura, surgem com 2% cada; e Álvaro Dias, com 1%. E 5% dos entrevistados disseram que vão votar em outros, 25% ninguém, brancos e nulos, e 16% não sabem ou não responderam.

Nas simulações de segundo turno, Lula venceria todos os adversários com larga vantagem. Venceria Marina com 45% contra 14% da candidata da Rede; Já contra Alckmin e Bolsonaro, Lula alcançaria 47% dos votos contra 11% e 16%, respectivamente.

O candidato do povo e do PT

No dia em que a prisão política e arbitrária do presidente Luiz Inácio Lula da Silva completou 50 dias, diversas cidades brasileiras realizaram no domingo (27) o aquecimento da pré-candidatura de Lula à Presidência da República.  A presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, fez um balanço sobre os atos que ocorreram nas capitais e em centenas de cidades do país.

“Os atos por Lula aconteceram em todo o Brasil. Isso mostra a vitalidade de nossa militância e a vontade de ter Lula presidente novamente! Queremos Lula pra tirar o país da crise. Lula pode e será nosso candidato. Dia 9 será o grande ato nacional de lançamento”, afirmou Gleisi.

No Rio de Janeiro, também no domingo, o líder do PT no SenadoLindbergh Farias, participou do ato quando destacou que Lula é o plano A, B e L do Partido dos Trabalhadores. “Eles queriam que a gente desistisse de Lula, que pensássemos em Plano B. O futuro é incerto, mas com certeza a luta vale a pena e vamos até o fim com Lula. Quando falei com ele em Curitiba ele me disse que tem cada vez mais certeza que foi preso por que permitiu ascensão das classes mais pobres”.

O líder do PT na CâmaraPaulo Pimenta, participou de uma marcha em Brasília que percorreu o Eixão Sul. “Com ousadia e coragem vamos reconstruir o Brasil! Vem com a gente, vem com Lula”, disse o parlamentar que se emocionou diversas vezes durante o ato.

Opinião pública não perdoa golpistas

O diretor do Instituto Vox Populi, Marcos Coimbra, chama a atenção para o pífio desempenho dos candidatos ligados ao ilegítimo Michel Temer (MDB-SP) que, juntos com o presidente, deram o golpe de estado e levaram o Brasil para o caos atual. “Parece que a opinião pública não perdoa o comportamento do partido de 2014 para cá”, diz.

Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, os brasileiros não esquecem que Lula aqueceu a economia, gerou mais de 20 milhões de empregos e distribuiu renda, apesar da crise de 2008 que derrubou bolsas em todo o mundo e levou a economia da Europa e dos Estados Unidos à bancarrota.

“O que temos agora são quase 14 milhões de desempregados, fora os subempregados, aumentos absurdos da gasolina, diesel e gás de cozinha e um governo acuado, desacreditado e sem capital político sequer para negociar o fim de uma mobilização de caminhoneiros”, pontua Vagner.

 *

A pesquisa CUT/Vox Populi foi realizada com brasileiros de mais de 16 anos, residentes em áreas urbanas e rurais, de todos os estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior, de todos os estratos socioeconômicos.

Foram ouvidas 2.000, em entrevistas feitas em 121 municípios. Estratificação por cotas de sexo, idade, escolaridade e renda.

A margem de erro é de 2,2 %, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

Da Redação da Agência PT de Notícias, com informações da CUT

Home Voltar Versão para Impressão Divulgar

  PT ESPÍRITO SANTO: Rua Graciano Neves,386 - Centro - Vitória/ES CEP: 29015-330 - Tel: (27) 3223-3455
  Copyright © 2009