Busca por palavras chave:
 
  quarta-feira, 22 de novembro de 2017  
Home
Eleitos PT-ES - Eleições 2016
PED 2017
Vídeos PT
História
PT Estadual
Notícias
Artigos
Secretarias
Setoriais
Documentos
Galeria de Fotos
Diretórios municipais
Links importantes




 No ES, petistas abandonarão cargos em governos golpistas

PT do Espírito Santo se prepara para fortalecer a aliança com os partidos de esquerda e osmovimentos sociais, seguindo as deliberações com o 6º Congresso do PT. O primeiro passo para isso é que todos os petistas saiam dos governos estaduais e municipais que contribuíram para ogolpe.

Essa medida foi definida quase que por consenso na etapa estadual do 6º Congresso, segundo o novo presidente do PT no Estado, João Coser.

“Todos os companheiros do partido que estão nesses governos estão se desligando”, afirmou. O próximo passo, diz ele, é ampliar o processo de formação política, estreitando a ligação com os movimentos sociais.

O presidente afirma ter identificado uma busca maior por filiações neste momento. “São centenas de filiações e pessoas procurando se filiar ao Partido dos Trabalhadores praticamente todos os dias. Agora temos a responsabilidade de um processo de formação política porque além de se filiar, tem que se tornar um cidadão consciente, militante da causa”, explica.

Nessa formação, conta-se a história do Brasil e dos partidos políticos, com destaque para a formação do PT. E ao longo do processo, as pessoas entendem a importância de um partido com a origem do PT, que partiu de baixo para representar os trabalhadores pela primeira vez.

“E da importância dos governos de Lula e Dilma. Aqui no Espírito Santo tivemos um processo importante de desenvolvimento da economia local. As pessoas melhoraram de vida, estudaram mais, melhoraram de emprego”, conta.

Para ele, é importante ter uma bancada de deputados federais e estaduais forte. E ter presença na sociedade, em cooperativas e sindicatos. O objetivo é construir uma relação direta com a sociedade, principalmente após o golpe.

“O PT também não existe só para as eleições, mas também para fortalecer a democracia. Para fazer a transformação da sociedade em uma sociedade mais humana, mais justa, mais igualitária. Vemos candidatos de direita defendendo a barbárie”, explica.  “A figura do ex-presidente Lula é muito respeitada. Nossa esperança e confiança de ter uma vitória do povo, não só dos companheiros do PT, no ano que vem”, diz.

A parte de organização do partido é também muito importante. O objetivo é ampliar o processo de organização regional, conta Coser. “O Estado está sendo dividido em microrregiões para que a gente possa ter uma organização mais próxima dos municípios”, diz.

Eleição de Gleisi

Coser afirma que ficou extremamente feliz com a vitória de Gleisi Hoffmann para a presidência nacional do PT. “Uma mulher preparada, com uma estrada muito grande e uma história muito bonita, e tem se colocado muito presente nas lutas do povo”, diz ele. Para Coser, a vitória de Gleisi fortalece a luta das mulheres, e estimula uma presença maior delas na política. “Então é uma boa mensagem para as capixabas”, conta.

Coser também destaca a postura cotidiana da Gleisi, do dia que ela se elegeu até hoje. “O PT começa a aparecer no cenário nacional de forma muito diferente, para cima, muito otimista”, afirma.

“Gleisi é uma pessoa que, mesmo na adversidade, consegue se colocar muito bem. Tenho certeza e confiança que ela será uma grande presidenta e será um momento de mudança na própria história do partido. Ela tem muito brilho e transformará isso em luz”, diz.

Da Redação da Agência PT de Notícias

Home Voltar Versão para Impressão Divulgar

  PT ESPÍRITO SANTO: Rua Graciano Neves,386 - Centro - Vitória/ES CEP: 29015-330 - Tel: (27) 3223-3455
  Copyright © 2009